Campeonato Brasileiro por Equipes e uma importante lição.

Recentemente, eu participei do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes e pude consolidar um ensinamento muito importante, ao longo desta competição. Vou compartilhá-lo com você, neste post.

Mas antes, falarei um pouco da chave duríssima que peguei nos Heads UP’s do primeiro dia de competição. Foram quatro no total: Decano, Carlos Porto e João Bauer duas vezes.

Um fato curioso foi que, logo após o sorteio, mencionei com os amigos do Ceará que o Carlos Porto, apesar de um adversário muito difícil, seria o mais “fácil” da chave. Talvez não tenha sido muito inteligente da minha parte fazer este comentário, porque o Portinho entrou com sangue nos olhos e me operou. Foi o HU mais rápido e aquele em que eu me senti mais desconfortável. Parabéns para ele que deu um show de como se ajustar a um oponente.

Os outros 3 HU’s foram bem mais disputados, com idas e vindas e chances de vitória para qualquer lado. Acabei perdendo 3 (Porto, Decano, Bauer) e ganhando 1 para o João Bauer, que foi o cara que mais me impressionou, talvez por termos jogado 2 HU’s e passado mais tempo na mesa, mas seja lá qual for a razão, o homem é um monstro. Não que eu já não soubesse disso, mas ficou ainda mais claro para mim quão brilhante é a sua mente. Ele me colocava em situação difícil a todo momento, me fez foldar muito mais do que eu gostaria. Eu tive que ser muito disciplinado para não surtar por completo lol.

Agora voltando ao motivo principal do post – a lição que eu consolidei nesse torneio, depois de jogar por algumas horas contra alguns dos maiores nomes do Poker Brasileiro:
Grandes jogadores pagam perdendo com uma frequência muito baixa no River. Eles podem até pecar por foldar demais, mas jamais pecarão por dar muitos call’s errados. Por um simples motivo: quando você dá um call errado no River, ele custa MUITO caro, porque o pote já foi construído no pre-flop, flop e turn.

Uma das coisas que funcionam como medida para avaliar se estou jogando bem é exatamente isso. Quantos call’s eu dei no River, nesta seção? Quantos foram certeiros? Se o percentual de acertos for inferior a 20%, eu sei que não estou jogando nem perto do meu melhor.

Observe isso no seu jogo e veja o quanto que os call’s no River estão te prejudicando ou ajudando e faça os ajustes necessários para realizá-los de forma cirúrgica. Tenho certeza que você vai se tornar um jogador muito melhor caso diminua essa falha, ainda que minimamente.

Para ter acesso a mais conteúdos como esse, cadastre o seu e-mail aqui.

Um grande abraço e nos vemos no pano,
Chenaud.
#PokerNossaVida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *