Você pensa muito ou executa?

Nossa maior meta, a de longo prazo, só pode ser enxergada e definida sob orientação do nosso coração.
A mente (os pensamentos), serve tão somente pra implementar essa meta de longo prazo que o coração define.
Ela não nos guia. Antes, nos atrapalha.
Porque cobra um preço alto por isso.

Pensamentos demais são nocivos pois quem pensa muito, hesita. Quem hesita não faz. Quem não faz, perde a experiência última do aprendizado que é meter a mão na massa.

É exercendo nossa atividade que a gente consegue perceber aonde está falhando, aonde está acertando, quais pontos precisamos melhorar, quais abolir… A ação nos transforma da forma que quisermos. Basta direcionarmos nossa conduta pro lugar aonde queremos ir.

De uma forma ou de outra, em algum momento chegaremos lá.

Somente uma coisa pode evitar isso – desistir.  E as tentações são muitas nesse sentido. Elas são maiores que as do próprio sucesso, por exemplo. Não é à toa que muitos mais cedem as tentações da desistência, ao invés de seguir em frente pra provar o sabor do sucesso.

A desistência só parece melhor. Ela é igual um vício qualquer. No curto prazo, ele te encanta, te alivia, te relaxa. No longo prazo, o seu coração se sente alvejado, você tá indo pra um lugar que ele não queria que você fosse. Você está numa encruzilhada.

Como fugir disso?
Seguir em frente não importa como.

Reunir forças e ter certeza de que aquele obstáculo passageiro será superado. O universo é mudança. Você sairá dali em algum momento. A pergunta é: vai bater no obstáculo e voltar ou removê-lo e seguir adiante pra vislumbrar novos horizontes, lindos, coloridos e cheios de vida? Uma coisa é certa, o lugar que você está hoje, amanhã não estará mais.

Espero te encontrar em um lugar mais alto, pois é lá que eu quero estar. A minha escolha eu já fiz.

Abraços,
Chenaud – Equipe LineUp Poker

Um comentário em “Você pensa muito ou executa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *